Greve na UnB = férias

As aulas na Universidade de Brasília (UnB) começaram no dia 8 de março. Os professores entraram em greve no dia 9. Os servidores, no dia 16. Estou há um mês sem aulas. E eu, o que faço da vida? Eu poderia estar fazendo um estágio, estaria aprendendo alguma coisa enquanto meus professores estão em casa coçando em greve, mas, graças a uma resolução estúpida da Faculdade de Comunicação, eu não posso estagiar. Mesmo que eu tenha acertado TODAS as questões da prova do concurso de estágio do STJ e obtido o primeiro lugar, a FAC me tirou a oportunidade de trabalhar no Superior Tribunal de Justiça.

Não vou ficar aqui tecendo (mais) críticas à FAC, esse assunto já me enfureceu o suficiente. Enquanto as aulas não voltam, não quero saber de estudar, vou curtir minhas grevérias! Ficar o dia inteiro de pijamas, preparar salmão para o almoço de domingo, ler deitada na cama ouvindo a chuva cair lá fora, fazer origami em dia de sol, apreciar as coisas simples da vida. Nunca me senti tão bem fazendo nada, nunca me senti tão bem fazendo tudo o que eu queria sem pensar duas vezes. Não lembro quando foi a última vez que vivi sem me preocupar com o amanhã, deve ser por isso que a sensação é tão MARAVILHOSA!

O mais impressionante é que eu não me sinto nem um pouco culpada por não estar estudando. Logo eu, nerd assumida. Na verdade, não é que eu esteja renegando os estudos, só estou dando preferência a alguns assuntos que não serão ensinados nos bancos da FAC/UnB: mídias sociais, tecnologia, marketing político, SEO, Web Analytics. A maioria dos meus professores não conhece a web 2.0, tampouco se interessam em experimentar os recursos que ela oferece.

A-ha! Viu como ainda não perdi minha essência nerd? Podia culpar meus professores jurássicos por não saber desses assuntos, mas o conhecimento está disponível, basta procurar. Existe um mundo de conteúdo na internet, informação não vai faltar. O melhor de tudo é que você pode fazer comentários em artigos, tirar dúvidas via email. Nunca antes na história desse país os especialistas foram tão acessíveis, hehe.

Bem, vou continuar curtindo minhas grevérias. Se você estiver precisando de uma consultoria em comunicação, ou procurando uma personal organizer, cozinheira ou “mocinha da informática”, é só entrar em contato. ;)

Anúncios

17 comentários sobre “Greve na UnB = férias

  1. mocinha da informática, vc sabe codificar?!
    eu pago (sério)…
    preciso de alguém que entenda da coisa pra codificar um layout pra mim, porque os meus conhecimentos de php são muitoooooo limitados…

    olha, se eu fosse vc processava a faculdade. é sério.
    mesmo que não tenha antecedentes desse tipo no país, mesmo que não dê em nada, mesmo que um monte de coisas. deve ter algum argumento válido que vc possa usar na petição inicial pra dar início a um processo, bemseilá
    me dá uma raiva ainda estar no começo do primeiro ano de direito :(

    acho ótimo que pelo menos vc esteja utilizando bem o seu tempo livre!!!

    e btw nada a ver com o seu post nem nada mas o que vc acha da Veja?! estou perguntando só por curiosidade mesmo.

    1. Ah não, de PHP eu entendo bem pouco. :(
      Eu usei todos os argumentos válidos para que o diretor da FAC assinasse meu contrato de estágio, mas não adiantou. Também cheguei a cogitar ir à Justiça, mas desanimei quando um amigo meu falou que nunca ninguém ganhou um processo contra a UnB. Bem, pelo menos não perdi meu lugar no STJ, voltei pra lista de espera. =/

      Quanto à Veja, eu detesto. Sensacionalista demais, vai até as úúúltimas consequências para se afirmar como dona da verdade (e em quase todas as vezes ela não é!). As reportagens de política são as mais asquerosas. Pra “melhorar”, eles têm o pior colunista: Diogo Mainardi. Os textos dele são intragáveis, ele é um cara arrogante, aff. Pra você ter uma ideia de como eu abomino a Veja, nem na lista de livros mais vendidos dela eu acredito. xD

  2. huahuahuahua Adorei o grevérias! E curta bastante mesmo, daqui há pouco termina a greve, volta tudo de novo e você mal arranja tempo pra se coçar, né? :P

    Beijão

  3. Puta sacanagem. A gente se esforça durante o E.M. pra estudar, alguns passam em faculdades públicas por esforço total e ainda acontece isso. É o Brasil. Enquanto estão preocupados com Olimpíadas e Copa do Mundo, não visam algo mais importante: o futuro do país, já que somos NÓS que construímos o que o Brasil é (apesar do presidente não ter nem o 1o grau completo).

    Tatchy, vc tem que aproveitar essas grevérias e vir me ver, vai ter Eclipse em junho e precisamos ver. 8DDD

    Beijo, amo vc. s2
    Em breve irei receber caronas diárias da sua pessoa indo pra UNB todos os dias. Ah *-* (faltam 2 ou 3 anos, HÁ!)

  4. O único ruim é que depois as aulas são repostas, não?
    E não entendi esse negócio do estágio, como assim a faculdade impediu um estágio tão legal como esse?
    Bjitos!

    1. Ah, Lu, é que a FAC baixou uma resolução no ano passado que diz que os estudantes de Comunicação só podem fazer estágio a partir do sexto semestre, e eu sou do quinto. Eles fizeram isso pra evitar que os alunos iniciassem o estágio muito cedo, sem terem as disciplinas técnicas. Não é o meu caso. Para as atividades que eu iria exercer no estágio do STJ, eu estou plenamente capacitada. Além do mais, eu fiz uma prova PRÁTICA quando fui pra entrevista. Se eu não estivesse apta, não teriam me chamado pra trabalhar, né?
      Tentei de todo jeito conseguir que a FAC assinasse meu contrato, mas eles pouco se importaram. Então, quem ligou o foda-se agora fui eu.

  5. Uia, a minha irmã faz comunicação na UnB também.
    Felizmente eu não preciso aturar o mau-humor dela o dia inteiro! =D Aproveita então as “férias” porque (não é rogando praga não) nas férias vocês estarão em aula :(

  6. Pingback: Tweets that mention Greve na UnB = férias « Fora de Controle -- Topsy.com

  7. Ah coisa boa! Queria eu umas grevérias, não ter que ver essa gente estúpida do colégio por bons meses a fio… Coisa linda passar o dia todo de pijama, dormindo a hora que quiser, acordando a hora que quiser. A vida que pedi a Odin! Aproveita essa pela Laysa (eu :D) por favor!
    :* e leia Vianco, é importante ahushhuas

  8. Tem gente que estaria tendo um treco por causa da greve. A maioria, uns 99% devem estar saltando de alegria… Hauhauhauha!
    Eu fico feliz por você estar aproveitando seu tempo de greve fazendo outras coisas que com certeza só vão aumentar sua experiência e descobrir outros dons que talvez você não conhecia por falta de tempo por causa da facul!
    E você tá ocupando muito bem seu tempo, admiro!! Eu com certeza ficaria deitada na cama (de pijama) olhando pro teto e me sentindo o ser mais preguiçoso do mundo. Viraria pro lado e voltaria a dormir!
    -.-‘
    Ai ai….

    Enfim, boas grevérias!!!
    Beijos! ;*

    1. Ahahaha também faço isso às vezes, curtindo o ócio na cama, até ficar cansada de fazer nada. xD
      Depois de não conseguir o estágio, e com a universidade em greve, decidi fazer só o que eu quero. Parece meio besta falar isso, porque é o que a gente devia fazer sempre, mas quantas vezes não nos pegamos tentando alcançar alguma coisa por influência da família, dos professores, dos amigos? Não, agora é a minha vontade em primeiro lugar. Nunca pensei que fosse me rebelar desse jeito, rs, mas tá me fazendo um bem danado!
      ;***

  9. Hey Tati <3

    Rialto com seu post, poxa que chato, quer dizer nem tanto pelo visto está a curtir suas grevérias kkk… fiquei com vontade de contratar seus serviços para a cozinha salmão é? opa! kkk

    Xoxo

    :: Loma

  10. É, diante do exposto, o melhor mesmo é vc curtir essas “grevérias”, rs, afinal, a culpa não é sua né! E se surgiu a oportunidade de curtir mais um pouquinho em casa, o melhor a fazer é aceitar ;)
    Muito obrigada pela visita e o comentário, volte sempre!
    Beijos, boa semana =*

  11. focablog

    E aqui em Minas é PROIBIDO pelo sindicato o estágio para jornalista. Mas todo mundo faz!
    Eu não vou descordar da resolução da faculdade, só que acredito poder haver algumas exceções, como no seu caso.
    Ah… não descordo da faculdade por experiência. A minha turma começou a estagiar no 3° periodo, a partir de então ficou arrogante(não todos) achando que não precisava estar estudando mais, pois já estava trabalhando, essas coisas, sabe?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s