Reportagens de fim de ano que ninguém aguenta mais

Reportagens de fim de ano que ninguém aguenta mais
Até o gatinho tá de saco cheio...

Chega o final de ano e se repetem as reportagens relacionadas ao Natal e ano-novo. Os jornalistas já não aguentam mais fazer as mesmas matérias – e o público não aguenta mais ver/ler/ouvir a mesma coisa todo fim de ano. Listei algumas pautas surradas batidas que insistem em ocupar o precioso tempo dos telejornais:

Antes do Natal

Gente que deixa as compras de Natal pra última hora
O que fazer pra não estourar o orçamento com as compras de Natal
O amigo secreto das estrelas do canal de TV
O que fazer para não sair da dieta na época de Natal
A profissão de Papai Noel

No dia seguinte ao Natal

Troca de presentes que não agradaram, não couberam, etc.
Dieta desintoxicante ou “dicas” pra quem exagerou na ceia de Natal.

Depois do Natal e antes do ano-novo

Superstições, mandingas, simpatias, etc.
Com que roupa na virada de ano?
Mega-Sena da virada. Filas na loteria, bolão, os planos para gastar o dinheiro, etc.

Cadê a criatividade, colegas? Talvez seja a preguiça, o cansaço ou a correria das redações, mas fato é que assunto não falta. Por exemplo: judeus, muçulmanos e budistas celebram o Natal? Como é o Natal nos orfanatos?
Outra ideia é mostrar quem não celebra o Natal porque tem que trabalhar, como é o caso de médicos, enfermeiros, motoristas, funcionários de hotéis e restaurantes e – por que não? – os próprios jornalistas. A noite de Natal também é uma ótima oportunidade para fotografar ou filmar a cidade vazia.
Bem, ideias não faltam. Então, chega dessas materiazinhas de fim de ano cujo texto, se duvidar, já sabemos de cor. Vamos procurar as boas histórias, investir na novidade e na curiosidade e fugir da chatice das pautas de fim de ano. Essa deve ser a resolução de ano-novo dos jornalistas ;)

E você, qual reportagem de fim de ano você não aguenta mais? Tem uma ideia diferente? Deixe suas respostas aí nos comentários!

Até a próxima!

Anúncios

3 comentários sobre “Reportagens de fim de ano que ninguém aguenta mais

  1. Haha, pior que é isso mesmo! Sempre pegando umas pessoas/familias de exemplo e perguntando: e ai como vai passar o ano novo?; e ai, fazendo compras de Natal em cima da hora?; entre outras perguntas idiotas.
    Realmente, as reportagens sempre tem aquele jeito meio babaca nessas épocas, e não dá nem vontade de continuar vendo.
    É isso aí, esperamos criatividade daqui pra frente!

    1. Leonardo

      Todo mundo reclama, mas ninguém fala do que se deve fazer matérias. Fim de ano, o que as pessoas fazem? Todo ano, viajam, preparam a ceia e fazem compras. O jornalismo retrata o que a sociedade faz, simples. Ou você não viaja, não faz compras, nem consome no fim de ano?

      1. O jornalismo se faz pelo inédito, não pela repetição. É claro que algumas matérias de serviço serão sempre necessárias, mas a maioria das pautas que listei no post poderia ser extirpada do noticiário. Ainda precisamos falar de compras de última hora? Por que não falar de presentes de Natal em setembro, outubro? Raciocine que uma compra parcelada em três ou quatro vezes feita nesses meses não vai pesar tanto no início do ano seguinte, quando vêm despesas com impostos, filhos, etc. Antecipar as compras também não compromete tanto o 13º salário.
        E na contramão disso, que tal mostrar uma família que não troca presentes? Ou uma pauta mais arisca, acompanhar a noite de “não Natal” de uma família pobre. Ah, que coisa mais deprimente para o Natal, é o que vão dizer, mas para muita gente essa data não tem nada de especial.
        As efemérides fazem parte do calendário jornalístico, mas é possível sempre buscar uma história diferente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s