Blog Action Day: Água

No Brasil, o desperdício de água parece ser maior que em outros países. Não conheço pesquisas a esse respeito, é apenas uma observação minha. Aqui, calçada é varrida com mangueira, banho dura meia hora, e as piscinas das mansões estão sempre cheias, mesmo durante a semana.

Aí eu vejo vídeos da rotina de gente que vive nos EUA, Canadá, Inglaterra… fico chocada com a diferença de hábitos. O que me chama mais atenção é a forma como eles, do hemisfério lá de cima, limpam a casa. É tudo a seco. Borrifam um produto de limpeza, passam um pano e pronto, tá limpo.

Por que esse comportamento? Porque por lá existe a consciência de que água é escassa, e o preço alto da conta os lembra de como é importante economizar. E no Brasil? As donas de casa adoram lavar banheiro/quintal/varanda com baldes e mais baldes de água. Ninguém lembra nem de fazer o básico, como lavar a louça ou escovar os dentes com a torneira fechada.

O estilo de vida brasileiro em relação à água é de exagero. Sim, somos um país privilegiado por ter muitos rios e lagos, mas isso não nos dá o direito de esbanjar. É preciso não só economizar água como também preservar os mananciais, constantemente ameaçados por construções irregulares, poluição e devastação.

O vídeo acima (em inglês) resume bem a importância do líquido mais precioso para a humanidade. Vale o clique.

Post dedicado ao Blog Action Day, dia em que blogueiros de todo o planeta se mobilizam para discutir um mesmo tema. Participe também! Retuite este post, escreva o seu e deixe o link nos comentários. ;)

Números do Blog Action Day 2010: 5.600 blogueiros de 143 países, alcançando mais de 40 milhões de leitores.

Anúncios

Vamos colorir a vida de verde?

Amanhã, dia 5 de junho, é o dia mundial do meio ambiente. Algumas pessoas acham estranho quando eu falo “ei, usa o verso do papel pra rascunho!”, talvez porque eu não seja aquele esterótipo ambientalista que habita o imaginário popular, o bicho-grilo natureba. De fato, não sou uma ativista, mas me sensibilizei com a causa ambiental; eu percebi que não precisava fazer uma “revolução” aqui em casa para diminuir minha pegada. Desde o ano passado, comecei a adotar “medidas verdes” na minha rotina e tem dado muito certo, então decidi compartilhá-las com vocês hoje. São dicas simples, podem parecer bobas ou sem importância, mas é com elas que eu quero mostrar como é fácil contribuir com o meio ambiente:

  • Se você vai se ausentar mas não quer desligar o pc porque está esperando um email ou fazendo um download, desligue pelo menos o monitor.
  • Panfletos recebidos na rua ou por correspondência podem ser reutilizados para escrever recados ou fazer lista de compras. Aproveite também o verso das folhas impressas de um lado só.
  • Use ecobags para fazer compras. Elas comportam mais itens e são mais resistentes do que aquelas sacolinhas plásticas mixurucas.
  • Falando em compras, alguns produtos têm múltiplas embalagens (pra quê?!), então opte por aqueles que resultam em menos lixo.
  • É muito útil trocar as lâmpadas da casa por lâmpadas fluorescentes, mas sabe o que é ainda melhor? Desligar a luz do cômodo quando ninguém estiver lá! O mesmo vale para o ar-condicionado, televisão, abajur.
  • Separe o lixo seco do orgânico. Se você morar em condomínios, confira se os funcionários não misturam as sacolas quando recolhem o lixo (isso é BEM comum!). Aqui no prédio, o síndico colocou duas lixeiras grandes em cada andar e orientou o pessoal da limpeza.
  • Procure saber se existe um ecoponto perto de onde você mora ou trabalha. Eu descobri um no mercado e agora separo metais, plásticos, papéis, vidros e óleo de cozinha e levo lá quando vou fazer compras. Isso não dá trabalho de fazer, experimente!
  • JAMAIS descarte pilhas e baterias no lixo comum. Várias empresas tomaram a iniciativa de recolher esse material, então informe-se! Eu descarto em uma agência bancária na universidade. A moça pergunta “oi, veio abrir uma conta?” e eu digo “não, vim descartar essas pilhas!” *risos*
  • Em vez de jogar a água da garrafinha pelo ralo, regue um vaso de plantas!

Essas são algumas das muitas formas de reduzirmos desperdícios e cortarmos hábitos nocivos ao meio ambiente. O que posso acrescentar, por experiência própria, é que quando você começa a se reeducar e a mudar atitudes dentro de casa, você acaba por estender esse comportamento para o condomínio, o trabalho, a igreja, etc. Eu me interessei e busquei informações; com a internet, isso é ainda mais fácil. Vou deixar alguns links para que vocês possam saber um pouco mais sobre o assunto:

Um beijo a todos e até a próxima!

05/06/2009 – Post premiado no concurso Semana do Meio Ambiente, da Rede Ecoblogs.